Os benefícios de alongar os músculos do peitoral
Bem-estar

Os benefícios de alongar os músculos do peitoral

Quando o peitoral está pobre em alongamento, a postura, respiração, ombros e braços são prejudicados

Existem inúmeras vantagens ao alongar um músculo. O alongamento nos proporciona sair da rigidez do encurtamento para a flexibilidade dos gestos.

Quando se trata de peitoral, outras regiões do corpo são afetadas quando esse grupo muscular se encontra encurtado porque além de grande, possui funções durante alguns movimentos dos ombros e braços. Sem falar que está em cima da caixa torácica (tórax) sobre as famosas costelas, influenciando a respiração.

Sabendo disso, fica mais fácil entender quando o peitoral está pobre em alongamento. A postura, respiração, ombros e braços são prejudicados. Um fator vai desencadeando no outro como um efeito dominó.

Benefícios de alongar o peitoral

Veja as vantagens de alongar os músculos do peito:

  • Melhora da postura (você mais elegante)
  • Respiração correta
  • Ombros apoiados sobre o peitoral (distantes das orelhas), diminuindo assim a tensão sobre o trapézio (famoso músculo da tensão) e as possíveis dores nos ombros melhoram e muito.

Postura no computador

Antes de começar a prática dos alongamentos, acho interessante alinharmos a postura no computador. Mantenham o cotovelo semi flexionado a 130° para que o peitoral se mantenha aberto, alongado ao teclar.

Alongamentos para ombro

Efeitos do peitoral quando não alongado

A má postura leva seus ombros a serem projetados para a frente, “fechando” seu peito. Sim, algumas dores nos ombros podem se originar disso. E para os trabalhadores que ficam diante do computador, dirigindo ou apenas sentado por horas de maneira incorreta com o peitoral retraído, suas costelas se fecham e a respiração fica desregulada e curta, por isso a sensação do “parece que não estou respirando”. No caso, até está, porém com eficiência reduzida.

Postura

Sem falar no pescoço (notem a imagem). Pessoal, vale destacar que quando o peitoral está fechado e encurtado, inconscientemente você fecha as costelas, também comprimindo o diafragma e aí sabe para onde vai sua respiração? Para o peito! Sinal clássico da ansiedade!

Essa imagem exemplifica de forma clara os sinais já comentados: Ombros para frente, peitoral fechado, costelas comprimidas e pescoço para frente. Será que a sua postura não está parecida?

Teste de respiração

Faça o teste agora em você:

Feche os olhos e observo onde fui a sua respiração…

Ela se concentra na parte inferior entre as costelas ou no peitoral?

Quando mudamos o cenário, o peito ganha comprimento para as laterais na direção dos ombros (não empinados para a frente, o que é comum e errado) e aí as costelas se abrem com capacidade tridimensional, ganhando volume e dando espaço para o diafragma que lá entre elas habita cumprir seu papel e deixar a respiração fluir e o pescoço ganha comprimento. Olha só como o alongamento desse músculo pode te ajudar! Sensacional!

O movimento correto dá ao corpo a forma correta!” Piret & Beziers


Juliana Massi Campanholo
EDUCAÇÃO FÍSICA – CREF 024704/SP