Treino

A atividade física ao redor do globo

Um amplo estudo brasileiro traça quanto a população mundial sua a camisa

por Theo Ruprecht

O educador físico Pedro Hallal reuniu dados de nada menos do que 122 países para criar um verdadeiro mapa do exercício. “O grau de inatividade é alto. E a próxima geração parece ser mais sedentária do que a atual”, lamenta o pesquisador da Universidade Federal de Pelotas, no Rio Grande do Sul. Hoje, 31% dos adultos se movem pouco, ao passo que 80% dos jovens entre 13 e 15 anos passam tempo demais longe das quadras e afins. Nosso país, aliás, vai mal das pernas: 49% dos brasileiros não ralam o suficiente. “Não podemos culpar só indivíduos. Os governos e as empresas devem investir em iniciativas que promovam a prática esportiva”, conclui Hallal.

Sedentarismo mundo afora

Fique por dentro de seus índices em cada região do planeta

Américas 43,3%

Oriente Médio 43,2%

Europa 34,8%

Ásia/Pacífico 33,7%

África 27,5%

Sudeste da Ásia 17%

Mulheres, cuidado!

As estatísticas deixam claro que, com exceção de algumas nações, o sexo feminino tende a ficar mais horas parado do que o masculino. “Existe até uma razão cultural para isso. Em vários lugares, as meninas são bem menos estimuladas do que os meninos a se exercitarem. Isso, claro, vai se refletir na vida adulta”, analisa Hallal.

Bons… e maus exemplos

Confira os países menos e os mais inativos – e onde o Brasil entra nessa história. A porcentagem é de inatividade

Bangladesh 4,7%

Moçambique 7,1%

Brasil 49,2%

Suazilândia 69%

Malta 71,9%